terça-feira, 5 de novembro de 2013

A nossa história...




Deixe essa música tocando quando for ler :Jar of Hearts - Christina Perri

Os dias estão passando tão devagar, meu sofrimento esta aumentando a cada dia. Confesso que pensei que com o tempo a dor ia passar...Mas não é isso que esta acontecendo.Quando entro em casa, passa um filme em minha cabeça, e esse filme conta sobre a nossa história. 

Um garoto de pele clara e cabelos negros, ela, pele morena e cabelos negros também. Começamos a namorar bem jovens, a cada dia que passava nos apaixonavamos mais, até que um dia você me pediu em casamento, e eu com aqueles olhos quase transbordando em lágrimas de tanta alegria, aceitei. Foi um dos melhores dias da minha vida, se não, o melhor. Foram 13 anos juntos, sendo 8 casados.

Nosso amor foi aumentando a cada dia, era incrível como nos envolviamos, você sempre tão carinhoso e prestativo, eu sempre muito bondosa e dedicada. Você viu aquela garotinha virar uma mulher, e eu vi aquele garoto virar um homem, o homem da minha vida !

 Estava tudo indo tão bem, e hoje, nem consigo entrar em casa sem chorar.. É só dar alguns passos que já me deparo com a sua estante de livros, eu adorava ver você lendo. Olho um pouco mais a cima, e do lado direito da estante vejo nossas fotos : uma do nosso namoro, outra de quando me pediu em casamento naquela manhã linda e nublada, e a ultima, que é a que mais me emociona, nós dois no altar, exibindo um lindo sorriso.

Ainda ouço a sua voz dizendo : " Prometo ser fiel, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando e respeitando, até que a morte nos separe".

 Não posso nem me trocar, que já vejo suas roupas ao lado das minhas, todas dobradas iguais como você gostava de deixar, é, elas ainda estão com o seu cheiro.

Os momentos parecem dançar em minha cabeça, nossa primeira vez, seus lábios pálidos e quentes percorrendo o meu corpo, suas mãos acariciando minha nuca, nossos sussurros...  

Quantas vezes rimos, brincamos, nos ajudamos e brigamos ? Em todos esses anos só brigamos duas vezes e por motivos completamente bobos.Quantas vezes ficamos a noite inteira acordados cuidando um do outro ? Quantas vezes você deixou de fazer as suas coisas pra cuidar de mim e eu de você ? 

Vai ser difícil apagar a imagem das flores caindo sobre você... Sinto uma dor agonizante no peito quando lembro disso. Agora esta tudo tão vazio, estou perdida, você não está mais aqui e então, não tenho mais ninguém.  Espero que o tempo cure essa dor que estou sentindo e que os dias tornem a ser como eram antes. Não sei se algum dia vou aceitar a sua perda, você era tudo o que eu tinha.

Mas você virou um anjo, os brilhos dos teus olhos agora viraram estrelas, eu sei que me protege dai de cima, eu sei que olha por mim.

As lagrimas estão escorrendo uma a uma, e isso dói. Dói saber que não vou ter você aqui pelo resto da minha vida, dói saber que não poderemos realizar o nosso antigo sonho de sermos pais, dói saber que todos os nossos planos não poderão ser realizados, dói saber que quando eu for me deitar, você não estará do meu lado, e quando eu acordar durante a noite e te procurar, não vou te achar, dói saber que tudo que vivemos será apenas lembrado e não poderei repetir os momentos lindos que passamos.

Por : Juliana de Oliveira


15 comentários:

  1. Nossa :o *-*
    lindo e triste! bjs :*
    jessicaestilosinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa garota, você é muito boaa ! O pior disso é saber que tem gente que vive isso :(
    Parabéns !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs Obrigada Ilka <3
      É :( deve ser horrível..

      Excluir
  3. Olá Ju.
    ADOREI SEU BLOG!
    SEGUINDO!
    BJINHUS!
    www.newb-vida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, obrigada :) Volte sempre..
    Seguindo também !
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Oi Juliana! muito bom seu texto flor! parabéns!

    beijos
    e seguindo
    http://modaeapensos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chris, muito obrigada. Adorei o seu blog e estou seguindo.. beijos :)

      Excluir
  6. Olá, Juliana... Seu blog é lindo e vc tem aquela veia literária que consegue transparecer em forma de um texto doce, triste e bastante sentimental.
    .
    Parabéns pelo blog. Te seguindo de volta.
    http://leiagarotaleia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ju, voltei pra dizer que escolhi seu blog pra ganhar o selinho de Blog VIP. Tá no link abaixo:
    http://leiagarotaleia.blogspot.com.br/2013/11/blogs-indicados-selinho-de-blog-vip.html
    Parabéns, flor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Andressa, muito obrigada !!! Fico muito feliz.. Beijoss

      Excluir
  8. Oi, Jú!

    Venho acompanhando o blog, li todas as postagens, e gostei muito de todas!

    No “A nossa História”: É bonito, triste, há perda e dor...
    Todo relacionamento acaba. Quando não acaba com separação acaba em morte. No caso aqui foi em morte e uma morte prematura.
    A dor é importante mecanismo de elaborar perdas! Para nossa protagonista serão dias muito duros e uma dor difícil de passar. Mas difícil não é o mesmo que impossível!
    Ela diz que espera que ‘o tempo cure a dor que sente’! Diferente do que as pessoas dizem, o tempo não muda tudo! São as atitudes, o que fazemos, a forma de lidarmos com as coisas, que mudam! Não fazer nada deixa tudo como está!
    Após a dor “fazer o trabalho dela”, será hora de deixa-la partir!
    A protagonista tem opções: manter-se apegada à antiga rotina que virou saudade, não permitindo que a dor passe. Ou encontrar a melhor maneira de seguir em frente.
    Tudo é transitório! Quando abandonamos a expectativa de que algo transitório se torne permanente, entendendo que tudo acaba, estamos aprendendo a viver.
    Ela deve aceitar a transitoriedade da vida e ser muito grata por tudo que tiveram juntos! Foram anos muito felizes dentro de um relacionamento que poucos teem o privilégio de vivenciar! E assim trocar a dor por algo que não é possível corrigir, a morte, pelo sentimento de gratidão pelos bons anos junto dele!

    ...beijinhos***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, muito obrigada pelo comentário linda.. Concordo com tudo que falou.. realmente é um texto triste em que a protagonista acaba se vendo perdida pela perda do marido :(
      Obrigada pela visita.. Beijoooss sz

      Excluir
  9. nossa que texto triste e emocionante!
    eu senti a dora da personagem,tenho uma pessoas tão especial em minha vida e de repente me bateu um medo enorme de perde-lo...
    ´importante sentir isto,nos faz valorizar o amor quando estamos juntos,afinal ninguém sabe o que poderá acontecer amanhã!
    muito bom seu texto,gostei mesmo,parabéns!
    Estou te seguindo!
    http://caprichoebeleza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Thays, foi exatamente essa a sensação que tive quando li o resultado final..
    Realmente, as vezes é bom pra valorizarmos quem amamos e mante-los sempre conosco.
    Um beijo, obrigada :)

    ResponderExcluir